22 de outubro de 2009

Quando um Céu chora...

Hoje dedico meu tempo e as palavras a esta pessoa tão querida. Tenho um bom motivo: essa pessoa é a melhor amiga que alguém pode ter. Tenho outro bom motivo: essa pessoa é capaz de te compreender de uma forma simples, humana e mágica. Tenho ainda um terceiro motivo: essa pessoa mora longe do meu abraço e ela no momento tem fome, um véu de chuvas cobrindo o céu azul dos olhos, dores e frio. Ela precisa de consolo. Conforto. De algo quente para manter o coração aquecido. De ventos que arrastem tantas nuvens fazendo o sol brilhar e limpe a visão das estrelas pela noite. Do ombro amigo que não contente em enxugar lágrimas, chore junto. Compartilhe da estrada feita de silêncio. Se todos esses motivos não bastam, eu dedico então estas palavras só pelo gosto e carinho de ás dedicar: à ela. Sempre. Na certeza do amor que nos embrulha e guia nossa amizade.

Priscila Lisboa



Portanto a dedicatória:
Para Célia Magalhães
Meu Céu favorito.

Um comentário:

ςครค ๔ค lยค disse...
Este comentário foi removido pelo autor.