14 de janeiro de 2010

OBSCURIDADE

Vem de dentro da nossa insana e pura loucura, nunca conheci ninguém que não quisesse ser feliz, a felicidade faz parte da dieta de todos nos, o que não podemos é deixar a responsabilidade da nossa felicidade nas mãos dos outros, quando ser feliz ou não só depende de nós, a realidade é para ser vivida, e ser feliz é um direito que pode até mistura-se entre a fantasia, ilusão e realidade, tudo pode acontecer, nada é impossível dentro das possibilidades que a vida nos oferece, na verdade tudo são sonhos, fantasias, mistérios, verdades e realidades, reais e irreais: o tempo e espaço não existem; pode perfeitamente ser uma ilusão, a vida vivida dessa forma só não cabe-se nela, quem quer tudo muito perfeitinho como se contasse uma história, ou abrisse um livro já escrito, a vida em sua enorme fragilidade não se sustenta por si só com base só na realidade, precisamos da nossa imaginação; precisamos tecer a nossa teia e desenhar novas formas, novos destinos, somos pequenos demais para querer mudar destinos dos outros quando mal mandarmos o nosso, ou escrever uma história que não seja a nossa; mas que poderia ser se soubermos abrir um pouco a alma como se abríssemos um véu, qtos vil mistérios da loucura guardamos tão descuidados dentro e fora de nós, que nós torna tão absurdamente humanos e animais; pronto para desferir o primeiro golpe se necessário for: sem piedade ou remorso, somos homens nossos mais impiedosos predadores, e censores.


Céu

13/01/2010

2 comentários:

MARTIN disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
ςครค ๔ค lยค disse...
Este comentário foi removido pelo autor.