3 de julho de 2010


Como uma escultura vejo outro(s) ser(es) que  vi nascer em mim!



 ...Sou a passagem por entre todas as passagens secretas nos abismos dos dias, singular amiúda o remo e a espada com total destreza, eu rumo em busca das palavras esbarro-me com o som reflexo dos ecos trazidos das colinas saem da minha boca (uni)celular universal repleta de sensores sensíveis ate a luz que ainda vai raiar,  sou  cheia de defeitos e qualidades...
...sou absolutamente humana!







MARIASCÉUS(EM)SÓIS

Chamam-meCéusSóis(e)Marias,
Não sou os futuros nem presentes prometidos
Quem sabe apenas na imaginação de um poeta prosador
Que de longe mora entre alvoradas e crepúsculos

Aninha-me em seus versos assombradado a risonha seresta
Em todos os lados esquerdos deste pomar cheio de peras
Apetece-me orgulhos

Saraivadas de aplausos mudos Onde o rei reinventa-me em véus e cores
Certas vaidades confesso que senti
Fui urgida pelos sonhos soletrados em re maior
Musicas que um dia deram-me vida

Rosto
Adivinham a minha vida sem demora
Daquilo que me dizes
Em verso
Em prosa
Meu poeta sonhador
Hoje o meu diário amanheceu cheio de letra
De cores
E um coro de mil vozes soletravam um nome
Chamam-me em prece
Peço um milagre
Abençôo a mão que me escreve
Marias(e)Sóis-no-Céus são os meus nomes
Ou assim chamam-me
Páginas limpa
Brancas
Em prece madre mia
Em um confessionário um padre pecador
Sou céusmarias(em)sóis acariciada de segredos
Envolta de sóis, céus e languidas marias
Minhas meias estão curtas
Meus vestidos são rodados démodés
Encontro-me inventada pelas letras soletradas
Em devaneios
Um rosto que conheço e nunca vi
Inventam-me coberta de brumas
De ostras algas marejando em ma(r)(dre-pérolas
Acariciada em teus versos
Todos em prosa
(Só)isMarias(nos)Céus

Céu
03/07/2010

7 comentários:

Céu disse...

Prises estou sem poder entrar no ORKUT não sei por que, obrigada minha flor pela musica Sting sempre mágico, amo!
depois mando o endereço, fui ao seu blog esta lindaço como sempre, como a dona é claro, dispensa comentário ate pq sou mais que suspeita pra falar ou escrever nem que seja uma vogal... amá-la não esta escrito em nenhum lugar pois já não existem palavras capazes de expressar este amor...
Beijos e saudades minha águia.

obs. quando for libera eu passo por lá, tbem estou super cheia de trabalho, ainda no ínicio do curso e no hospital muitas coisas pra fazer, lamento minha falta de tempo, sei que entendes, não sei os outros!
LoviuuuuuuuSooMuch

Carlos Rímolo disse...

Querida amiga poetisa!!!!

Passando por aqui para deixar meu carinho e deliciar-me com seu belíssimo blog. Meus parabéns!
Beijos de luz!

POETA CIGANO - 03/07/2010

www.carlosrimolo.blogspot.com

Céu disse...

Carlos obrigada querido sinta-se sempre em casa e bem vindo, paz, amor e muita luz nos teus caminhos...
...beijo sempre carinhoso Cigano

£µ(g)ä® disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Céu disse...

Ola...
Infelizmente não estou podendo publicar aqui, e nem nos outros blogs, então criei outro blog - _Eu _em véus e viés... - http://eupoesiascronicacontos.blog, gostaria de encontrá-los por lá, seria um super prazer, desde já agradeço a presença de todos.
beijos
Céu

Eduardo Vidal Hernando disse...

Gracias por visitar y seguir mi blog!!
Te sigo en tus tres bitácoras.
Besos

Antonio Porpetta disse...

Espléndido blog. Magnífica música. ¡Felicidades!
Y un gran abrazo desde Madrid.